Descubra o tipo de site certo para a sua empresa

linkedin-normal_(SD-e-SM)---POST-111

Você consegue imaginar uma grande empresa que não tenha o seu próprio site? Aposto que não. Isso porque ter um site é uma das melhores formas de estabelecer a sua presença online.

Em uma pesquisa realizada pelo SPC, 97% dos entrevistados pesquisam sobre uma empresa na internet, antes de efetuar uma compra. O que você quer é que o usuário tenha acesso às melhores informações sobre sua empresa ao pesquisar por ela na internet e se forem passadas por você mesmo, melhor ainda.

Você já sabe que precisa de um site, mas você sabe qual tipo de site escolher? Sim, existem diversos tipos de site diferentes, você pode investir em mais de um deles até, a depender dos objetivos da sua empresa.

Descubra, junto comigo, qual tipo de site é ideal para o seu negócio:

1. Institucional:                                                              

O site institucional serve para empresas que querem se apresentar aos usuários de maneira completa. Este é o seu principal cartão de visitas. Ele deve oferecer todas as informações necessárias sobre a sua empresa, trazendo descrições dos serviços oferecidos, informações como a história da empresa, os seus valores e propósitos.

Para este tipo de site é importante pensar em algumas seções que são fundamentais, como uma aba “quem somos” e “nossos serviços”. A partir delas, será possível destrinchar tudo o que a sua empresa considera importante e quer passar para o usuário.

2. E-commerce:

Este provavelmente é um dos tipos de site mais conhecidos, principalmente agora, que o crescimento do e-commerce tem sido constante. O site no formato e-commerce funciona como uma loja virtual, é essencial para quem quer se consolidar no mercado de venda online. Os sites exclusivos para e-commerce facilitam e muito a vida do usuário.

Afinal, na internet, estamos em busca de praticidade. A opção de você mesmo montar o seu carrinho, sem a obrigatoriedade de falar com um vendedor, convenhamos, é muito mais agradável. Isso não quer dizer que a sua equipe de atendimento não deve estar sempre à postos para eventuais dúvidas, mas isso já é assunto para um outro artigo.

3. Blog:

O blog tem se tornado queridinho das empresas que apostam no marketing de conteúdo, por ser a melhor forma de uma empresa demonstrar domínio sobre determinado assunto, além de uma das melhores estratégias de atração de clientes.

Você deve apostar nesse tipo de site se o seu objetivo for tornar a sua empresa uma autoridade nos serviços que vende. O blog funciona como uma apresentação indireta dos serviços da empresa, ao mostrar conhecimento amplo sobre o que ela se propõe a vender.

4. Dinâmico:

O site dinâmico consegue juntar diversos tipos de site em um só. Usando como exemplo os que já falamos acima, o site dinâmico possibilita aliar o site institucional ao e-commerce e ao blog. Isso acontece porque, através de diferentes abas e seções, ele consegue redirecionar o usuário para cada uma dessas experiências.

Esse é o site completo, podemos assim dizer. Deve ser bem elaborado para que a navegação do usuário não se torne difícil ou cansativa, por isso, o ideal é optar pelo uso de menus e submenus.

5. Landing Page:

A Landing Page funciona como uma página única, traduzida livremente como “página de pouso”. Ela é essencial para quem quer apresentar um determinado serviço, pois a sua principal característica é ser uma página focada na objetividade.

Nela, não há distrações. O usuário estará totalmente voltado apenas para um produto ou serviço que você quer apresentar. Por isso, é importante investir em bons títulos e chamadas. Além disso, para que a Landing Page seja bem aproveitada, você deve utilizá-la para conseguir mais leads, oferecendo algum benefício (como um e-book), em troca do contato do visitante.

Estes são os principais tipos de site que você deve analisar para escolher o melhor para a sua empresa. É possível, ainda, investir em uma Landing Page e em um outro tipo de site. Afinal, por ser focada em um único serviço, a sua empresa pode usar e abusar das Landing Pages, sem abrir mão de um site principal.

Não se esqueça das informações básicas que, independentemente do tipo de site escolhido por você, a sua página precisa ter. São elas: meio de contato com a sua empresa (e-mail ou telefone), endereço físico e links para as mídias sociais da empresa.

Gostou do artigo? Talvez você se interesse também por esses:

Posts Recentes