Como fazer a Landing Page perfeita para conversão

linkedin

Vira e mexe eu falo sobre Landing Page por aqui. Não é pra menos, a Landing Page tem trazido resultados surpreendentes para as empresas. E ainda digo mais uma coisa, quanto mais Landing Page melhor.

Isso porque elas são muito eficientes quando voltadas para apenas um assunto específico, aumentando significativamente a taxa de conversão. Quando bem feita, a Landing Page é capaz de aumentar em 31% a sua taxa de conversão.

Já negócios com mais de 40 Landing Pages (sim, é possível construir 40 Landing Pages para uma empresa), conseguem obter 12 vezes mais leads do que aqueles com menos de 5.  

São números impressionantes, não é? Tudo bem, você não precisa fazer 40 Landing Pages para atingir uma boa taxa de conversão, mas acertar nos elementos da Landing Page já vai te fazer melhorar – e muito – a sua conversão de visitantes em leads.

Vamos então aprender como fazer essa Landing perfeita?

1. Seja objetivo!                                                            

A Landing Page existe para, justamente, direcionar o seu consumidor para uma ação específica. Não existe espaço para enrolação! Vá direto ao ponto.

Invista em títulos diretos e que diga exatamente o que o usuário tem a ganhar por estar ali. Por que a sua Landing Page merece atenção? Afinal, você sabia que 80% das pessoas leem apenas o título e subtítulo de uma página? Essa informação é do Copyblogger.

Ou seja, a hora do título é a hora mais decisiva para saber se a sua Landing Page vai ter sucesso ou não.

2. Aposte em cores contrastantes

Voltando, se o objetivo da Landing Page é chamar atenção, o design também precisa estar alinhado a isso.

Invista em cores chamativas – note-se, chamativas não significa desarmônicas – e com contrastes entre si.

O botão de CTA (call-to-action), principalmente, precisa estar com uma cor de contraste, como vermelho ou laranja, em uma Landing com cores predominantemente claras.

3. Foque em apenas uma página

Essa dica parece ser óbvia, mas acredite, muitas pessoas acabam se esquecendo. A Landing Page é uma página de aterrisagem, não cabe inserir menus ou links externos nela.

O foco deve ser para apenas uma única ação, não tente distrair o usuário, jamais.

4. Aposte em um bom CTA

O CTA é a sua chance final de converter aquele visitante em lead. Escolha cuidadosamente as palavras que irá usar.

No CTA, você deve, de maneira muito rápida e direta, direcionar o usuário para a realização daquela ação. Para que ele a realize, ele precisará entender que o que irá ganhar em troca é algo essencial.

Isso nos leva ao próximo tópico:

5. Defina o que você irá dar e o que pedirá em troca

A Landing Page é um esquema de “uma mão lava a outra”. A sua empresa oferecerá um produto, um cupom ou um material informativo valiosíssimo e o usuário dará algo em troca disso.

O mais comum é que as empresas usem a Landing Page para conseguir e-mails ou telefones para montar uma base de contatos e, assim, nutrir seus leads constantemente, incentivando a compra dos serviços ou produtos da empresa.

Por isso, para se conseguir que o usuário aceite dar o que você quer, é preciso que você saiba também o que oferecer. E isso só é possível de uma forma, conhecendo o seu público-alvo.

6. Invista em provas sociais

Eu acredito que essa seja a dica mais valiosa que eu tenho para dar. As provas sociais trazem resultados incríveis.

Calma, vou explicar direito o que é uma prova social. Sabe quando está todo mundo falando bem de uma empresa? Ou quando aquele seu amigo te liga para contar que amou o nutricionista novo? Isso é prova social!

Prova social é a evidência de que outras pessoas fizeram uso daquele serviço e aprovam. E como usá-las em uma Landing Page? Simples, com depoimentos escritos ou em vídeo – vídeos possuem ainda mais engajamento, então é uma boa investir neles.

7. Crie senso de urgência

Por último, mas não menos importante, irei falar sobre o senso de urgência. Essa dica é boa de ser utilizada lá no CTA.

O senso de urgência faz parte de uma velha tática usada por empresas para fazer com que o consumidor não hesite em realizar aquela ação. Use gatilhos como “só até hoje”, “os cupons estão acabando”, “a promoção é limitada”.

As opções são inúmeras e bem conhecidas no mercado.

Gostou deste artigo? Separei esses aqui para você também:

Posts Recentes